segunda-feira, 23 de junho de 2008

USO DO ALECRIM



Nome científico: Rosmarinus officinalis


Planeta regente: SOL


Elemento relacionado: FOGO



Planta aroma forte e agradável e com propriedades estimulantes, o alecrim pertence à família das labiadas e é originário da região do Mediterrâneo, Canárias e Madeira. Labiadas são um tipo de planta que produz muito óleo - conhecidos como óleos essenciais ou medicinais.
A Planta: O alecrim é um arbusto com altura média de 1 metro, muito ramificado, sempre verde, com hastes lenhosas, folhas pequenas e finas em forma de agulha, opostas, lanceoladas. A parte inferior das folhas é de cor verde-acinzentada, enquanto a superior é quase prateada. As flores reúnem-se em espiguilhas terminais e são de cor azul ou esbranquiçada. O fruto é um aquênio.
Perene (seca no inverno e rebrota no verão), o alecrim é a planta preferida das abelhas e floresce praticamente o ano todo, geralmente em encostas rochosas e ensolaradas ou ainda em solos seco e arenosos. Não necessita de cuidados especiais nos jardins.



Cultivo: Cresce bem em ambientes muito ensolarados, e o solo relativamente pobre, em vez de prejudicá-lo, deixa a planta mais densa e com perfume acentuado. Por isso, você pode plantar sua mudinha em vasinhos com 20 cm de diâmetro, usando terra comum de jardim. Para obter novas mudas, é só lascar um galho e plantar em solo úmido. Lugares altos, secos e frios são os preferidos, então cuidado com o verão...colocar sobre o alecrim uma proteção nesta época é recomendado. Ah! Alecrins adoram conversar, então feche seus olhos e pergunte para ele o que deseja, o que lhe vier a cabeça é a resposta, você no início pode recber alguns absurdos mas com o tempo vai ter um lino e enorme pé de alecrim. Seus pedidos são coisas como: não gosto de ficar perto de tal planta, quero mais ou menos luz, quero água, coloca algo na minha terra, algum cristal por perto ou simplesmente falar com ele.
Atributos: Tanto em medicina natural quanto em magia o alecrim tem mil e uma utilidades, mas podemos nos guiar pelo seu planeta regente: o sol. Ah! Para fitoterápia colher o alcrim na lua nova, antes do nascer do sol. Para florais, colher na lua cheia, só as flores, cheias de orvalho, recém exposto aos primeiros raios solares. Continuando: esta erva é ancoradora po excelência pois cria uma proteção em forma de luz lilás sobre o chakra solar. Assim evita que sejamos sugados ou contaminados pelas energias e emoções alheias. Isso explica o porquê de as essências de alecrim fazerem pessoas avoadas ficarem com os pés no chão, pois elas normalemente se distraem devido a grande sensiblidade que tem de captar tudo para dentro do seu plexo. Então a use em ifusão para banhos, em tintura para dores reumáticas e para enxaquecas, em óleo para ter foco e atenção e em florais para gostar de onde vive.
Uso mágico: Afasta olho gordo, erva da juventude eterna, do amor, amizade e alegria de viver. Erva colocada debaixo do travesseiro afasta maus sonhos. Tocar com alecrim na pessoa amada faz ter seu amor para sempre. Poção de amizade leva alecrim.
Indicações: As flores do alecrim são utilizadas em chá contra a clorose (palidez na menstruação), histeria, inapetência, nervosismo, tosses, indigestão, bronquites, enxaquecas, cansaço mental e asma. Como banho, é bom para problemas de pele. O chá provoca um suadouro. Purifica o sangue, tônico do coração. Estimulante, antiespasmódico e ligeiramente diurético. Atua como colagogo (sobre a secreção biliar), para dor de cabeça, cansaço físico e mental. Equilibra a pressão arterial. Problemas renais. Problemas digestivos. Faça um chá (infusão - água quente sobre a planta, tapar, deixar de 10 a 15 minutos) com as folhas. Indicado também contra a falta de apetite e problemas intestinais. Ajuda em casos de hepatite, amenorréia e dismenorréia. Para esgotamento cerebral e depressão leve.
De sabor fresco e doce, o alecrim confere aroma delicioso a vários pratos, principalmente em carnes (em especial de porco e carneiro) e aves em geral, entrando, também, na composição de molhos, omeletes, sopas e cozidos. Dá, também, sabor especial a batatas e manteigas. No churrasco, espalhe suas folhas sobre as brasas para perfumar a carne.
Tipicamente porutguesa esta erva não pode faltar no preparo de bacalhao e nos assados de aves com alecrim. Eu perticularmente adoro colocar alecrim quando tempero carne com vinho tinto.
O alecrim não perde seu sabor no cozimento, como a maioria das outras ervas. Tanto o ramo quanto suas folhas longas podem ser adicionadas às comidas. Sempre devem ser retiradas do prato antes deste ser servido. Misturado em pequenas quantidades às massas caseiras de pão, o alecrim fresco dá um gosto saboroso e exótico a massa, e deixa o pão digestivo e energético.
Excelente para aromatizar vinagres e azeites. o alecrim é, também, muito utilizado na decoração de pratos.
Vinho com alecrim: Coloque alguns galhinhos de alecrim fresco em um bom vinho tinto e deixe macerar durante 21 dias bem fechado com parafina na rolha. Guarde em lugar escuro, deitado. Quando passar esse tempo, coe e acrescente mel puro à gosto (o mel é opcional). Sirva pequenos cálices antes do jantar. Além de ser ótimo para a digestão, ajuda a clarear as idéias para um novo dia de trabalho.
Forma de venda
Pode ser encontrado fresco ou desidratado (seco). As folhas frescas possuem aroma mais puro, sendo preferidas. O alecrim desidratado tem um sabor mais concentrado, portanto é recomendável usar uma quantidade menor.
Como escolher e onde encontrar
Fresco: maços e vasinhos de alecrim fresco são encontrados em feiras, mercados e supermercados. Escolha os ramos com as folhas mais viçosas e que não estejam manchadas nem murchas.Seco: encontrado em supermercados e empórios. Verifique o prazo de validade.
Uso caseiro
Inseticida natural, plantado na horta protege as outras plantas. Ramos de alecrim frescos, colocados entre as roupas defendem-nas de ataque de traças.
Chá de Alecrim
Para cada xícara de água fervendo, utilize 4 gramas de folhas de alecrim.
Toma-se depois das refeições.
Uso Medicinal
O alecrim é uma planta que ama o calor e a vida. Ele aquece e estimula o cérebro e o corpo. É ótimo como cardiotônico e ajuda a diminuir os níveis de colesterol no sangue; atua como estimulante, anti-reumático, resolve rapidamente dores de estômago e azias e restitui a energia dos cansados e estressados por muito esforço mental. Por sua qualidade penetrante, é muito eficiente no tratamento de problemas respiratórios, desde o simples resfriado, catarro, sinusite até casos de asma (a inalação é o uso mais indicado). Usado externamente, por sua poderosa ação anti-séptica, é excelente para limpar feridas, principalmente de diabéticos e pessoas que tem dificuldades de cicatrização.
O alecrim é usado pela medicina Antroposófica como uma planta calorífica que ativa o sangue sendo indicada para a anemia, menstruação insuficiente, e contribuindo, também, para assimilação do açúcar (nos diabéticos) e para refazer o sistema nervoso depois de uma atividade intelectual.
Efeitos Energéticos: Diz-se que o alecrim é um “Costurador do Plexo Solar”. Ele restitui rapidamente a energia perdida, dá mais estrutura de trabalho aos que lidam muito com o mental racional, é uma das ervas que ajuda na depressão e estados permanentes de cansaço por problemas emocionais. Ajuda, também, muito as crianças com uma estrutura emocional passiva, as que não respondem de forma concreta às agressões da vida. Aumenta a capacidade de aprendizado. É a planta chave da falta de auto estima. Atua nos desconfiados, nos que não acreditam em si mesmos, nos que não têm coragem de se lançar em novos projetos. É a erva da coragem.
Uso Cosmético: Vinagre de alecrim ou chá bem forte no cabelo depois de lavado estimula a saúde dos folículos capilares e evita a calvície (escurece os cabelos também, então não é indicado para loiros). Na pele, restabelece o ph natural (é ligeiramente adstringente). O óleo de alecrim é bom para passar no corpo após o banho.
Tônico facial de alecrim: 1½ xícara de água, 1 maço de alecrim, ½ dose de conhaque. Ferva o alecrim na mistura de água e conhaque por 15 minutos. Filtre e conserve em vidro escuro.
Para pele precocemente envelhecida: deixe 50gr de alecrim em infusão em 1 litro de água fervendo por 10 minutos. Coe, coloque em garrafa previamente esterilizada e use para fazer compressa no rosto após a limpeza. Conserve na geladeira,
Uso ReligiosoEm templos e igrejas, o alecrim é queimado como incenso desde a antigüidade. Na Igreja Ortodoxa grega, o seu óleo é utilizado até aos nossos dias, para unção.
Contra-indicaçãoO uso interno prolongado pode provocar gastro enterites e nefrites. Contra indicado para mulheres grávidas e portadores de epilepsia.
É uma erva que tonifica as pessoas e os ambientes. É considerado também um poderoso estimulante natural, favorecendo as atividades mentais, estudos e trabalho. Favorece e fortifica o ânimo e vitalidade das pessoas. Agindo em conjunto com arruda, "segura" as energias de inveja, mau-olhado e fofocas.
Lendas e Mitos
Diz a lenda que durante a fuga para o Egito, Nossa Senhora sentou-se à sombra de um pé de alecrim para dar de mamar ao menino Jesus, pendurando seu manto no arbusto. Por isso, acredita-se que a cor das flores, antes branca, tornou-se azul, e que a planta nunca atinja altura superior à de Jesus adulto. Outro conto, diz que a Bela Adormecida foi acordada pelo príncipe com um ramo de alecrim. Os gregos usavam coroas de alecrim em festas, como símbolo da imortalidade. A crendice popular usa o alecrim para afastar olho gordo, erva da juventude eterna, do amor, amizade e alegria de viver.
O alecrim é uma planta cercada de misticismo. Entre os povos grego e romano era tida como uma erva sagrada. Usada como incenso ou carregada como amuleto para atrair bons fluídos, principalmente em casamentos, e afastar mau-olhado, quebranto e inveja. Na Idade Média, era usada como defumador e fumigantes em dormitórios com pessoas enfermas. Também os egípcios usavam o alecrim em seus ritos, visto que os túmulos têm vestígios da planta.
A busca da cura da alma, através do alecrim, também revelou aos povos antigos o caminho para a cura do corpo físico. A versatilidade terapêutica da planta demonstrada nas propriedades analgésica, anti-depressiva, anti-reumática, anti-séptica, anti-espasmódica e adstringente, entre outras.
Indicação de leitura
Wicca Rekigião das Bruxas - Ligia Amaral Lima

As PLantas Curam, ed - Vida Plena

2 comentários:

JACIRA disse...

Alecrim é tudo debom que a natureza pode nos presentear! Uso desde a culinária até quando esta confusa e cansada. Realmente colocar ramos de alecrim embaixo do travesseiro ajuda adormir melhor, Já fiz muito isso, quando estava com uma sensibilidade impossivel a fragrancias; so suportava e ficava aliviada como alecrim, o lirio e o patchouli.
O texto está muito bom e esclarecedor!

Zezé Garcia disse...

Amei! estou com um pé de alecrim em minha sala. Muito lindo. O abraço e converso com ele. Ele parece entender... É incrível!